Fotografia: DM

D. José Cordeiro convida finalistas a serem «protagonistas de uma nova humanidade»

Na homilia da bênção de finalistas, D. José Cordeiro deixou a esperança de um amanhã melhor do que o hoje.

Rita Cunha
7 Mai 2022

O Arcebispo de Braga convidou os universitários finalistas das Universidade do Minho e Universidade Católica a serem «protagonistas de uma nova humanidade» e «pessoas de esperança».

«Caros finalistas, vós recolheis a chama das mãos dos mais velhos – vossos pais e família, professores e comunidade académica e social de Braga – e vivereis na globalização, na hora das mais gigantescas transformações desta profunda mudança de época. Sede protagonistas de uma nova humanidade! Sede pessoas de esperança!», exortou D. José Cordeiro, na manhã de hoje, naquela que foi a sua primeira celebração por ocasião da cerimónia da Bênção dos Finalistas.

Perante milhares de pessoas, entre estudantes e respetivos familiares e amigos, assim como elementos de ambas as instituições de ensino superior bracarenses, o Arcebispo chamou os finalistas à esperança.

«A vossa qualificação académica, técnica e profissional abre horizontes de empreendedorismo, de iniciativa empresarial, de criatividade e de grande coragem em Braga, em Portugal ou nesta terra global», vincou, desejando para que, com esta nova geração, «haja maior dedicação dos poderes públicos nas políticas geradoras de emprego».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up