Fotografia: Avelino Lima

Merli acha possível voltar a bater o recorde na Rampa da Falperra

Piloto italiano é o mais sério candidato ao triunfo na prova bracarense.

Luís Filipe Silva
6 Mai 2022

O italiano Christian Merli está disposto a tentar bater novamente o recorde de subida da Rampa da Falperra, uma marca que já lhe pertence desde 2019. Na altura, o italiano conseguiu superar pela primeira vez o seu compatriota Simone Faggioli e operou uma subida “canhão” com o tempo de 01:46: 944 , a uma média estonteante de 175,04 km. Merli suplantou o recorde que já lhe pertencia (1: 47.890) obtido em 2018.

«O meu objetivo é vencer e bater novamente o recorde aqui na Rampa da Falperra», disse o italiano ao Diário do Minho após as verificações técnicas e administrativas que estão a decorrer no Sameiro.

«O tempo está ótimo e o piso vai estar ideal para fazer uma boa prova», ressalvou Merli que vai pilotar um Osella FA 30.

Este ano, Merli não vai contar com a oposição de Faggioli, que abdicou de participar no Europeu de Montanha para centrar as atenções no Campeonato Italiano de Montanha.





Notícias relacionadas


Scroll Up