Fotografia: DR

Jogadores no SC Braga estiveram na Escola André Soares no âmbito dos “Craques da Leitura”

Ação promovida pela AF Braga.

Redação
29 Abr 2022

Os jogadores do SC Braga Dolores Silva, Catarina Pereira, Pedro Rocha e Diogo Marques estiveram ontem na Escola EB 2,3 André Soares numa iniciativa integrada nos Craques da Leitura, projeto criado pela AF Braga integrada no plano de ação do Plano Nacional Leitura 2027 e que está integrado nos festejos do centenário da instituição. Marcaram presença no evento cento e dez alunos do 7.º ano de escolaridade, acompanhados pelos professores, receberam com euforia os atletas do Clube da terra. Na plateia estiveram também Manuel Machado, presidente, e José Amorim, Diretor para o Futebol Feminino, da AF Braga.

Margarida Direito, diretora de comunicação e marketing da AF Braga, moderou a conversa sobre leitura e livros. “Eu não gostava de ler. Encontrei um livro que me despertou para a leitura, da coleção Geronimo Stilton. A partir desse não mais parei de ler. Livros como “Os Maias” ou “Os Lusíadas” que na escola os meus colegas rejeitavam, eu adorei ler. A leitura permite-me ainda preparar-me para comunicar melhor e estar em situações como esta. Cresço com os livros.” afirmou Pedro Rocha.

 


Catarina Pereira usa a leitura para descontrair, sair da sua realidade, fugir da pressão do dia a dia competitivo. “Gosto de histórias que me façam sonhar, que me envolvam e me façam viver outras histórias através das suas personagens. Estou na universidade a estudar ciências farmacêuticas e leio muito livros técnicos mas a ficção e o romance são as minhas leituras de eleição”.
Diogo Marques é fã de história e de históricas verídicas. “O Diário de Anne Frank é uma referência para mim. A história de vida de Anne Frank, a sua capacidade para gerir o que estava a viver, o seu exemplo de superação, as suas fragilidades, são uma inspiração e levam-se a relativizar as minhas vivências pessoais”.
Dolores Silva é fã da Coleção Os Cinco desde criança e, ainda hoje, tem nas aventuras dos cinco um escape. “Uso a leitura para descontrair, para relaxar, para me inspirar. Os Cinco e as suas aventuras ajudaram-me a gostar de ler e abriram as portas a outras leituras. Leio também para me motivar. Em momentos de fracasso ou dúvida, os livros motivacionais são também uma ferramenta para me superar. A cabeça comanda o corpo e é importante cultivar a mente com mensagens positivas para que cada objetivo alcançado crie um novo objetivo a alcançar.”





Notícias relacionadas


Scroll Up