Fotografia: DR

Braga recebe Congresso Internacional Humanity/Humanities on the Move

O congresso arrancou na quarta-feira, no Museu de Arqueologia D.Diogo de Sousa, e contou com a presença de Carla Sepúlveda, vereadora da Inovação e Coesão Social, Sónia Pereira, Alta-Comissária para as Migrações, e Eugénio Ferreira, Vice-Reitor da Universidade do Minho.

Redação
28 Abr 2022

Este é um congresso realizado em parceria, entre o EHum2M – Estudos Humanísticos em Migrações & Marginalização, grupo de investigação do Centro de Estudos Humanísticos (CEHUM) da Universidade do Minho e do Município.

Segundo Carla Sepúlveda, é com ´regozijo´ que Braga acolhe este Congresso que se materializa num encontro que valoriza e promove o humanismo, a integração e a interculturalidade por via do debate inclusivo.

“Estou grata por saber que Braga é, cada vez mais, uma cidade de todos. Durante três dias, a uma só voz, falamos de migração, integração, acolhimento e tolerância. Os temas que serão explorados são fundamentais e urgentes para a comunidade académica, mas também para a sociedade em geral. Não tenho dúvidas de que as conclusões deste debate servirão de base para que surjam novas acções consolidadas na esfera da migração que, no presente, merece uma atenção ainda mais particular e específica”, referiu.

Contando com a presença de 10 keynote speakers nacionais e internacionais de referência nas suas áreas de investigação e actuação, o programa inclui 40 comunicações organizadas em 7 painéis, envolvendo cerca de 50 participantes vindos de todo o mundo.

Irão realizar-se ainda apresentações de diversos projectos de investigação e de intervenção social.

Os painéis serão distribuídos em diferentes tópicos: Online Hate Speech & Media Representation on Migrants/Refugees; Language Attrition; Performing Refugees Experience; Language Rights & Translation/Interpreting in Migrant Issues; Other’s Care World’s Care; Education for Human Rights; e Gender Studies on Migrants / Refugees.

Nos dias 28 e 29, a conferência terá lugar no Campus de Gualtar da Universidade do Minho.





Notícias relacionadas


Scroll Up