Fotografia: DR

Santuário de Balasar celebra aniversário da beatificação de Alexandrina

Programa inclui exposição e conferência.

Redação
20 Abr 2022

O santuário de Balasar prepara-se para celebrar, nos próximos dias 24 e 25 de abril, o décimo oitavo aniversário da beatificação de Alexandrina Maria da Costa. 

O Arcebispo de Braga, D. José Cordeiro, irá presidir à missa dos doentes no dia 25, dia da beatificação de Alexandrina.

“Como Alexandrina, viver o Mistério da Santíssima Trindade presente na Eucaristia” é o tema para esta celebração. 

Nesta festa em honra da beata Alexandrina os devotos são convidados a  rezar pela Igreja em Sínodo, a rezar pela Paz no Mundo e a rezar pelos que sofrem.

O programa celebrativo inicia-se com a inauguração da exposição “Os Milagres Eucarísticos no Mundo”, às 14h00 do dia 24, domingo, na casa-museu da Beata Alexandrina. Um trabalho de Carlo Acutis e que apresenta uma seleção dos principais milagres que aconteceram durante vários séculos em diferentes países do mundo e reconhecidos pela Igreja, com fotografias e descrições históricas. 

Carlo Acutis nasceu em maio de 1991, em Londres, onde os pais estavam a trabalhar, e faleceu em setembro 2006, em Monza (Itália), com 15 anos, vítima de uma leucemia fulminante. Foi beatificado no dia 10 de outubro de 2020, em Assis, pelo Papa Francisco que o declarou Padroeiro da Juventude e Internet.

 Recorde-se que Carlo Acutis, além de modelo de santidade, era considerado um “génio da informática”.

A inauguração da exposição “Os Milagres Eucarísticos no Mundo” será complementada com uma conferência do professor Alexandre Duarte Freire intitulada “Os santos Místicos e a Eucaristia”.

Alexandre é formado em Mística e professor na Universidade Católica. É o responsável pelo estudo e publicação dos escritos e obras de Alexandrina. Até ao presente foram publicadas três obras. Em breve será publicada a quarta, “As Cartas ao Padre Humberto Pasquale”.

Nesse dia à noite, a partir das 21h00, haverá ainda um momento de adoração eucarística e de louvor a Alexandrina, a cargo do Grupo de Jovens de Balasar.

No dia 25, a peregrinação termina com a Consagração a Nossa Senhora, após a Santa Missa, às 17h00.

Durante o dia estarão sacerdotes no santuário para a celebração do Sacramento da Confissão.

[Notícia na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up