Fotografia: DR

Theatro Circo sopra 107 velas com quatro espetáculos de quatro artistas internacionais

O aniversário é no dia 21 de abril, mas os dias seguintes são também eles dias de festa.

Redação
19 Abr 2022

O Theatro Circo comemora 107 anos de vida na próxima quinta-feira,  dia 21 de abril, e para celebrar, convidou as artistas Céu e Labaq para ajudarem a soprar as velas. A festa continuará no dia 22 de abril, com o concerto de Christopher Paul Stelling, e no dia 23 de abril com o espetáculo de Nitin Sawhney.

Céu, cantora e compositora reconhecida internacionalmente, fará um concerto da apresentação do seu novo álbum “Um Gosto de Sol”, depois de ter lançado o seu álbum homónimo em 2007, tendo sido uma das poucas artistas brasileiras a ser indicado ao Grammy na categoria World Music. 

Entretanto, a primeira parte desta noite de aniversário estará entregue a outra artista brasileira, Labaq, que voa e deixa-se pairar, da MPB ao eletrónico, português, espanhol ou inglês. A compositora, produtora musical e guitarrista move-se com delicadeza no mergulho profundo de sua entrega à música. Cruzou o Atlântico em 2020 e escolheu como cais Portugal. 

Como é impossível fazer caber os 107 anos de vida de uma sala de espetáculos numa noite apenas, os dias seguintes são também eles dias de festa, no dia 22 de abril com Christopher Paul Stelling e no dia 23 de abril com o lendário Nitin Sawhney.

Christopher Paul Stelling é conhecido não apenas pela música e concertos que faz, mas, também, pelas maratonas de tour pelos EUA e Europa de carro, onde se acompanha da sua guitarra, de roupa e de inúmeros podcasts que vai ouvindo.

Em vésperas de assinalar 3 décadas de carreira discográfica, Nitin Sawhney continua a refletir sobre o presente e o futuro no seu mais recente álbum, uma profunda reflexão sobre uma particular condição humana que recebeu o autoexplicativo título “Immigrants”.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up