Arcebispo Primaz denuncia ressurgimento da precariedade laboral

TEXT: Joaquim Martins Fernandes FOTOGRAFIA: Nuno Cerqueira 15 Abr 2022

O Arcebispo Primaz, D. José Cordeiro, denunciou hoje as novas formas de precariedade laboral que retiram dignidade a muitos homens e mulheres e que impedem que muitos jovens tenham «rasgos de futuro».

A denúncia foi feita na homilia da Celebração da Morte do Senhor, que decorreu na Sé Primacial de Braga.

D. José Cordeiro destacou que não podemos deixar de nos sentirmos incomodados quando o grito de Jesus na Cruz se revela, nos dias de hoje, nos doentes e nos idosos esquecidos por uma sociedade que marginaliza migrantes e refigiados e que vira a cara aos que são pobres.

«Nestes tempos, “o mundo do trabalho e a vida dos trabalhadores têm sido marcados pelo ressurgimento do precariado”. Há muitos homens e mulheres a trabalhar sem um vínculo laboral permanente ou estável, com empregos incertos e inseguros, baixos salários e horários longos», afirmou D. José Cordeiro, assumindo as preocupações que têm sido expressas pela Liga Operária Católica/Movimento dos Trabalhadores Católicos.

O Arcebispo de Braga falava na homilia que proferiu na Celebração da Morte do Senhor, que se realizou ao início da tarde de ontem na Sé Primacial de Braga, no âmbito das celebrações da Semana Santa.

Numa celebração marcada pelo sofrimento redentor de Cristo, D. José Cordeiro alertou para a atualidade do grito que ecoa na cruz. «Somos ainda hoje incomodados pelo grito de Jesus na cruz», destacou o Prelado bracarense, precisando que «é Cristo que continua a gritar nos doentes e nos idosos; nos que vivem sós e nos esquecidos da sociedade; nos jovens sem rasgos de futuro e nos desempregados; nos migrantes e nos refugiados; nos pobres e nas vítimas de violência física e psicológica; e nos desanimados da vida», sublinhou D. José Cordeiro, notando que as diversas formas de marginalização também são visíveis , «aqui no território da nossa Arquidiocese».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outras Fotogalerias

Luís Filipe Silva
16 Mai 2022
TEXTO: José Carlos Ferreira FOTOGRAFIA: Nuno Cerqueira
15 Abr 2022
Scroll Up