Fotografia: Carla Esteves

Arcebispo de Braga convida cristãos a serem construtores da paz e da esperança

Cerimónia de Domingo de Ramos, entrada da Semana Santa

Carla Esteves
10 Abr 2022

O Arcebispo de Braga convidou hoje os cristãos que participaram na eucaristia de Domingo de Ramos a serem construtores da paz e da esperança e a fazerem crescer a “Cultura do Encontro”. Perante uma Sé Catedral plena e ansiosa por escutar a palavra do Senhor neste início da Semana Maior, D. José Cordeiro estabeleceu também uma ligação intrínseca entre a “Páscoa e a Cruz”, sustentando que «Cruz abre a porta da vida plena e nela só se entra de joelhos».

Após uma belíssima Procissão de Ramos, marcada por uma extensa moldura humana, que percorreu o caminho entre a Igreja do Seminário, no Largo de S. Paulo, e a Sé Catedral, onde decorreu a eucaristia, D. José Cordeiro abriu o coração para uma homilia em que foi dada primazia à “Glória da Cruz”.
«Aqui em Braga a tradição é feita de tradições muito antigas, mas não antiquadas, que expressam publicamente a fé da Igreja», afirmou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up