Fotografia: Avelino Lima

Município promove nova cultura de mobilidade trocando quilómetros em bicicleta por ‘vouchers’ para gastar em lojas

O projeto foi apresentado hoje.

Rita Cunha
6 Abr 2022

A ideia é simples e pretende promover uma nova cultura de mobilidade, assente na sustentabilidade: por cada quilómetro feito em bicicleta, o utilizador recebe 25 cêntimos (caso a viagem seja feita em contexto escolar ou laboral, para a escola ou trabalho) ou sete cêntimos nos restantes casos, havendo um limite máximo de um euro por dia e 28 euros por mês. O montante angariado será convertido em ‘vouchers’ para descontar no comércio local, estimando-se que ao projeto possam aderir cerca de cem estabelecimentos da cidade.

Na apresentação do projeto, denominado “Bicification – O Futuro em Duas Rodas”, o presidente da Câmara Municipal de Braga explicou que o objetivo desta «aposta muito estruturada» do município em promover uma cultura de mobilidade na cidade é que «a mobilidade deixe de ser um problema» e passe a ser «uma oportunidade».

Vincando que, na área da mobilidade, «não tem de ser impingido o que quer que seja aos cidadãos» já que, «em qualquer cidade do mundo é necessária uma coexistência de meios de transporte de diferentes tipos e para diferentes públicos», Ricardo Rio adiantou a vontade de criar «o máximo de incentivos» tendo em vista a promoção dos meios de transporte mais amigos do ambiente.

Segundo o edil, em Braga ainda é dada primazia ao carro em detrimento de outras alternativas, pelo que o município tem trabalhado «para que os menos valorizados ganhem adeptos» e é nesse sentido que surge a adesão a este projeto a decorrer de 1 de junho a 30 de setembro e limitado a 500 participantes.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up