Fotografia:

Sete municípios do Alto Minho acolhem 170 cidadãos ucranianos

Melgaço, Paredes de Coura e Arcos de Valdevez sem pedidos de proteção temporária

Redação/Lusa
28 Mar 2022

Sete dos 10 concelhos do distrito de Viana do Castelo acolheram, desde o conflito na Ucrânia, 170 refugiados ucranianos e cidadãos estrangeiros que residem naquele país, informou hoje o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Dos sete concelhos do Alto Minho com mais acolhimentos registados até sexta-feira, Viana do Castelo lidera a lista, com 57 acolhimentos, 14 do sexo feminino e 43 masculino.
Caminha soma 42 pedidos de acolhimento temporário, sendo 30 mulheres, desde crianças a maiores de 65 anos, e 12 homens, entre a faixa etária dos 0/13 aos 65 anos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho)

 

 





Notícias relacionadas


Scroll Up