Fotografia: Avelino Lima

Novo hotel na Avenida é «instrumento de verdadeira regeneração urbana»

O equipamento, a ser inaugurado na Páscoa de 2024, ficará instalado no edifício contíguo ao antigo Recolhimento das Convertidas.

Rita Cunha
28 Mar 2022

Um «instrumento de verdadeira regeneração urbana». É assim que o presidente da Câmara Municipal de Braga considera o novo hotel que, dentro de dois anos, abrirá portas no centro da cidade. O Hotel Plaza Central é a nova aposta do Grupo Hoti Hotéis, que tem o seu ponto de partida num edifício contíguo ao antigo Recolhimento das Convertidas, que, por sua vez, será transformado num equipamento de cariz cultural.

O investimento é de 16 milhões de euros, aos quais se acrescem quatro milhões da aquisição do terreno, perfazendo um total de 20 milhões. O projeto, alvo de análise e aprovação por parte da Direção Regional da Cultura Norte (DRCN), prevê a adaptação do edifício do séc. XVIII ao programa hoteleiro, preservando as suas características em termos de arquitetura, bem como a construção de um novo edifício de estilo contemporâneo que assumirá como referência o alinhamento do Convento das Convertidas. De referir que o projeto prevê a cedência de 1530 metros quadrados da área do terreno ao domínio público, para a criação de uma área verde.

Para Ricardo Rio, só o facto de um grupo ter tomado a decisão de investir 20 milhões de euros num equipamento deste tipo no centro de Braga é, por si só, «uma boa notícia» pois significa que o turismo da cidade «alimenta o retorno».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up