Fotografia: FPF

Fernando Santos pede entrega e espírito de sacrifício na final

O encontro entre Portugal e a Macedónia do Norte, da final do caminho C dos ‘play-offs’ europeus de acesso ao Mundial2022, realiza-se na terça-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, a partir das 19:45, com arbitragem do inglês Anthony Taylor.

Pedro Vieira da Silva / Lusa
28 Mar 2022

O selecionador Fernando Santos considerou hoje que Portugal tem de entregar-se ao máximo e ter espírito de sacrífico, na terça-feira, para ultrapassar a Macedónia do Norte e garantir o ‘passaporte’ para o Mundial2022 de futebol.

“Conhecemos bem [a Macedónia do Norte], sabemos o que fazem e estamos preparados para isso. Temos de responder à altura, é um jogo de vida ou de morte. Temos de responder com entrega, vontade e espírito de sacrifício. Se fizermos isso, estamos mais perto de ganhar. Eu acredito que sim, vamos estar no Qatar”, observou Fernando Santos, durante a conferência de imprensa de antevisão ao embate decisivo.

No encontro da final do caminho C dos ‘play-offs’ de acesso à fase final do torneio, que vai disputar-se no inverno deste ano no Qatar, a equipa das ‘quinas’ tem de olhar para a seleção comandada por Blagoja Milevski por “aquilo que vale no seu todo” e, assim, evitar qualquer tipo de dissabor, como aquele que aconteceu ante a Sérvia e que relegou Portugal para esta fase de apuramento.

“A pressão boa é a de termos de estar no Qatar. Esta equipa [da Macedónia da Norte] está aqui [nos play-offs] por mérito próprio. Ganhou à Alemanha [no apuramento] e, por isso, está aqui. Se não olharmos para Macedónia [do Norte] por aquilo que vale no seu todo, claro que vamos correr riscos. Fizemo-lo com a Turquia e temos de repetir a dose”, alertou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up