Fotografia: DR

AGRO 2022 alcança os 40 mil visitantes e demonstra que é «uma aposta ganha»

54.ª edição da AGRO ultrapassou todas as expetativas e comprovou ser “a mais importante do setor no Norte de Portugal e Galiza”

Carla Esteves
27 Mar 2022

Uma verdadeira multidão encheu, hoje, o recinto da AGRO- Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação de Braga, contribuindo assim para reforçar o título há muito conquistado de “certame mais importante do setor no Norte de Portugal e Galiza”. 

O último de quatro dias de certame foi decisivamente o que contou com uma mais significativa afluência do público embora durante a tarde, o administrador executivo da InvestBraga, Carlos Silva, considerasse que era ainda muito cedo para apresentar os números finais, em termos de público, já que estes só seriam definitivamente apurados ao final da noite.

Contudo, perto das 20h00 a comunicação da InvestBraga estava já em condições de avançar que os números rondavam os 40 mil visitantes, alcançando a mesma  afluência da edição de 2019, a última antes da pandemia.

Segundo Carlos Silva nunca restaram dúvidas de que a meta dos 25 mil visitantes seria alcançada, mas faltava ainda saber em que dimensão seria ultrapassada.

Segundo Carlos Silva a afluência começou logo a fazer-se sentir na quinta-feira, e muitos dos profissionais que tinham participado na manifestação visitaram também a feira nesse dia.

«Em termos de vendas e mercado tivemos uma feira muito forte. Os restaurantes, que funcionam sempre como aferidor, estiveram cheios, numa feira que teve as mais diversas vertentes, desde as famílias com crianças, que vão ver os animais, aos aficionados dos concursos e dos workshops, até às próprias palestras», afirmou, acrescentando que «nenhum dos setores esteve fraco».

Entre os expositores e os visitantes o sentimento era, ontem, de satisfação generalizada, pois há muito que a vontade de regresso se fazia sentir, embora, na última edição, em setembro de 2021,  durante o período pandémico, a Agro tenha conseguido  conquistar, os 16 mil visitantes.

A aposta numa maior área de implantação, como consequência do aumento da procura por parte dos expositores veio a revelar-se mais do que justificada, tendo o sol radioso de domingo contribuído para o sucesso, como comprovavam os lugares de estacionamento completamente preenchidos nas artérias circundantes ao recinto. Nos seis restaurantes de carne DOP, no recinto exterior,  também era visível a grande concentração de público na hora do almoço, e durante a manhã  e início da tarde os concursos conquistaram a atenção de muitos visitantes.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up