Espaço do Diário do Minho

Ambiente, realidade para se levar a sério?

23 Mar 2022
Armindo Oliveira

Nunca se falou tanto em ambiente como agora. Ainda bem. Contudo, há uma diferença abismal entre falar, discutir, analisar e comentar realidades ambientais e depois, no dia-a-dia, praticar actos condizentes com a preservação e conservação do mundo rural e ambiental.

O mais importante nesta área é tomar medidas, e medidas certas e consensuais, para se evitarem os atentados ambientais que vão aparecendo neste caminho rural, naquela bouça ou naquele campo de cultivo.

Neste caso, refiro-me ao despejo de detritos de obras de construção nos caminhos públicos e em lugares um pouco longe das habitações. Dá pena ver pelos caminhos de Dume e de Palmeira nas imediações do Campo de Aviação pequenos montículos de entulho a sujarem o chão térreo. Estes pequenos atentados ambientais são verificados um pouco por todo o lado e em todas as freguesias do concelho de Braga.

Como resolver? Há contentores para recolha de lixo doméstico; há contendores para recolher todo o tipo de resíduos; não há contentores para recolha de detritos de obras de construção. De facto, é um problema para quem faz pequenos arranjos nas suas habitações. Levar um pequeno saco de detritos ao depósito geral não é fácil, pois existe uma burocracia medonha para superar.

Que medida deverá ser tomada? A Câmara Municipal deveria colocar em lugar estratégico um contentor específico em cada freguesia do concelho para recolher esse entulho. Estou convencido que com essa colocação evitar-se-iam cenários como mostram as fotografias recolhidas para este propósito.

Se queremos um concelho ambiental saudável em que as pessoas possam de facto contribuir para uma paisagem limpa e sem “porcarias”, deveremos criar as condições necessárias para que isso aconteça. Caso contrário, os nossos caminhos por onde fazemos as caminhadas continuarão atulhados de detritos, o que define bem a educação ambiental que possuímos.

A este propósito, pode-se dizer: menos conversa e mais acção.



Mais de Armindo Oliveira

Armindo Oliveira - 27 Nov 2022

“Grande lata!” – é a expressão popular e icónica que me ocorre, de imediato, para caracterizar o desaforo da elite socialista a propósito da irresponsabilidade da vinda da Troika em 2011! “Grande descaramento” é preciso ter para contestar o sucesso da “Saída Limpa” no Resgate Financeiro imposto pelo FMI e pela UE! É bom que […]

Armindo Oliveira - 20 Nov 2022

Ainda há muita gente no espaço político nacional que embarca no grande sofisma, talvez por convicção, de ser a esquerda, particularmente, o PS, a única força política capaz de resolver o vergonhoso problema da pobreza e de todas as outras mazelas que afectam a vida dos portugueses. Essa gente, ingénua, manifesta simplesmente um estado de […]

Armindo Oliveira - 13 Nov 2022

Há dias, o dr. Costa nomeou mais um amigo para o seu governo. Já não é novidade para ninguém. Deveria sê-lo, contudo, mas não é, porque o chefe do PS tem construído os seus governos baseado em critérios muito pessoais, quando os critérios desejados seriam de rigor e de qualidade. De arreganho e de responsabilidade. […]


Scroll Up