Fotografia: DR

Ferrari voltou aos triunfos na Fórmula 1 após 45 corridas

A última vitória da Ferrari tinha acontecido no GP de Singapura de 2019, pelas mãos do alemão Sebastian Vettel, numa prova em que a ‘scuderia’ também fez a ‘dobradinha’, pois Leclerc foi segundo.

Redação / Lusa
20 Mar 2022

O piloto monegasco Charles Leclerc garantiu hoje o primeiro triunfo para a Ferrari na Fórmula 1 em 45 corridas, ao vencer o GP do Bahrain, numa prova em que a equipa italiana fez a ‘dobradinha’.

Leclerc, que partira da ‘pole position’, gastou 1:37.33,584 horas para cumprir as 57 voltas previstas, deixando o seu companheiro de equipa, o espanhol Carlos Sainz, na segunda posição, a 5,598 segundos.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) aproveitou os problemas mecânicos dos dois Red Bull para terminar no degrau mais baixo do pódio, a 9,675 segundos do vencedor.

Para Leclerc, este foi um arranque “de sonho” do campeonato, pois fez ainda a volta mais rápida da prova.

“Estou muito feliz. Os últimos dois anos foram difíceis para a equipa. Agora, com ‘pole’, vitória, volta mais rápida e ‘dobradinha’, é incrível”, frisou o vencedor.

A Ferrari é mesmo o alvo a abater neste início de temporada, pois mostrou-se mais rápida e mais fiável, com um motor superior aos restantes, com mais potência e a provocar menos desgaste nos pneus.

Prova disso foi o facto de, entre os seis primeiros classificados, quatro terem motores da marca italiana. Dos 10 pilotos que pontuaram, cinco usaram motores Ferrari.





Notícias relacionadas


Scroll Up