Fotografia: DR

Redatora de canal televisivo da Rússia protestou contra a guerra em direto

Funcionária da estação televisiva terá sido detida após o protesto.

Luís Filipe Silva
14 Mar 2022

Uma redatora do Channel One da Rússia, o equivalente à RTP em Portugal, protestou em direto contra a invasão da Ucrânia pelo seu país, segundo partilhou hoje o comentador televisivo José Milhazes, especialista em assuntos russos, na sua página do facebook.

A jornalista apareceu por detrás da pivot que estava a ler as notícias com um cartaz que dizia: «Não à guerra. Não acreditem na propaganda! Aqui só vos mentem».

De acordo com várias partilhas nas redes sociais, a funcionária da estação televisiva terá sido detida imediatamente após o protesto.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 564 mortos e mais de 982 feridos entre a população civil e provocou a fuga de cerca de 4,8 milhões de pessoas, entre as quais 2,8 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.





Notícias relacionadas


Scroll Up