Fotografia: DM

Semana da leitura termina deixando aos mais novos convite para lerem mais

Crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo declamaram poesia no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian

Carla Esteves
12 Mar 2022

O talento e a capacidade de interpretação poética dos mais novos marcaram, hoje de manhã, a sessão de encerramento da Semana da Leitura de Braga, que juntou no Conservatório Calouste Gulbenkian crianças do pré-escolar e do primeiro ciclo, que protagonizaram vários momentos de declamação de poesia. 

A vereadora da Educação da Câmara de Braga, Carla Sepúlveda, explicou ao Diário do Minho que esta atividade destinada aos mais pequenos teve como «fim último fomentar os bons hábitos de leitura e o despertar para a poesia, de forma a podermos envolver mais os pais».

«A nossa ideia é que todas estas atividades sejam promovidas no seio familiar, que permitam momentos de grande prazer e dar asas à imaginação, despertando o interesse desta faixa etária para a poesia», afirmou Carla sepúlveda.

A vereadora da Educação explicou que esta atividade assinalou o fim da Semana da Leitura, onde houve a oportunidade de assinar mais dois protocolos para alargar a Rede de Bibliotecas Escolares no Concelho de Braga, o que é um sinalde crescimento.

«Temos já 36 bibliotecas escolares e várias Juntas de Freguesia, incluindo S. João do Souto e S. Lázaro e Sobreposta, que foram as últimas a aderir», afirmou, acrescentando que também o ACES Braga mostrou interesse em aderir, sendo do interesse do Município de Braga que sejam cada vez em maior número as entidades que não tendo o hábito de ter pequenas bibliotecas integradas, decidam agora aderir a esta rede.

«O objetivo é que nestes locais em que, por norma, as pessoas também têm tempos de espera, possam pegar num livro e  ocupar o tempo com um pequeno texto ou poesia, algo que lhes dê prazer e, em simultâneo, promova a saúde mental», adiantou.

Carla Sepúlveda faz um balanço muito positivo desta Semana da Leitura, enaltecendo o papel da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, «enquanto excelente ponto focal, que desenvolveu para esta semana um plano de atividades bastante alargado, que teve o mérito de privilegiar  todas as faixas etárias».

Por seu turno, Regina Campos, diretora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, explicou que o dia de ontem foi «o ponto alto da Semana da Leitura», que todos os anos é assinalado por cada agrupamento de escolas com um conjunto vasto de atividades, em que se promove e festeja a leitura localmente em todos os níveis de ensino e junto das famílias.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up