Fotografia: DR

CIM Cávado ao lado dos seus seis municípios no apoio humanitário à Ucrânia

A CIM Cávado deliberou, por unanimidade, seis medidas de apoio

Redação
11 Mar 2022

A Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado) tem estado, desde a primeira hora, ao lado de entidades públicas, privadas e do terceiro setor, de forma a ajudar a encontrar as respostas mais adequadas à crise humanitária que se vive na Ucrânia.   

Em comunicado, a CIM Cávado sustenta que «os seis municípios que integram a CIM Cávado e a sociedade civil, estão a trabalhar nos planos de apoio à integração dos refugiados, particularmente das mulheres, crianças/jovens e idosos, em articulação com a comunidade ucraniana residente no nosso território».

O Conselho Intermunicipal e a Assembleia Intermunicipal da CIM Cávado, aprovaram, no dia 10 de março, por unanimidade, um voto de solidariedade com o povo ucraniano e de repúdio pelo ato condenável da Rússia pela invasão da Ucrânia.     

Em articulação com os pelouros da ação social dos seus seis municípios, a CIM Cávado disponibilizou-se para auxiliar na identificação e disponibilização de alojamento, no apoio à coordenação da logística da recolha de bens, transporte de refugiados e no seu acompanhamento e integração.    

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up