Fotografia: FC Famalicão

Rui Pedro Silva quer FC Famalicão com «máxima pressão» nos Barreiros

O Famalicão, 15.º classificado, com 20 pontos, defronta, pelas 15:30 de domingo, na Madeira, o Marítimo, oitavo, com 28 pontos, numa partida da 23.ª jornada da I Liga, que será arbitrada por João Gonçalves, da associação do Porto.

Pedro Vieira da Silva / Lusa
18 Fev 2022

O treinador do Famalicão admitiu hoje que, depois da vitória em casa frente ao Moreirense, por 5-0, colocou “máxima pressão” para encarar o jogo com o Marítimo, da 23.ª jornada da I Liga de futebol.

Rui Pedro Silva disse que é importante que a equipa mantenha os níveis de foco de forma a conseguir alcançar os mesmos desempenhos.

“A nossa semana foi feliz até começar. Pedi o máximo de exigência. Coloquei o máximo de pressão. Só com isso sei que vamos conseguir continuar focados no nosso processo, no nosso objetivo que é o jogo seguinte. Foi uma semana de exigência máxima, como foram as anteriores. Os 5-0 unicamente nos deram mais três pontos, mais confiança para praticarmos o futebol que estamos a exigir”, afirmou em conferência de imprensa.

O técnico famalicense elogiou a equipa madeirense, bem como o trabalho feito pelo treinador Vasco Seabra.

“É uma equipa que tem dedo do treinador. Nota-se que tem uma ideia de jogo que tem um treinador por trás. E desde que o Vasco Seabra chegou nota-se a evolução do Marítimo. É uma equipa que nos vai colocar no nosso nível máximo de exigência e concentração”, salientou ainda.

Rui Pedro Silva defendeu que o Famalicão tem apresentado melhorias a cada semana e explicou que o objetivo é consolidar tudo o que tem vindo a ser feito.





Notícias relacionadas


Scroll Up