Fotografia: DM

Escola de Educação Rodoviária vai ser readaptada às práticas da atualidade

O equipamento recebe por ano a visita de cinco mil crianças que ali aprendem sobre as regras a seguir na estrada.

Rita Cunha
16 Fev 2022

Em 21 anos, as práticas rodoviárias têm sofrido algumas alterações e, no sentido de as acompanhar, a Escola de Educação Rodoviária vai ser alvo de uma intervenção física que permitirá adaptar as atividades à atualidade.

A informação foi avançada pela vereadora do pelouro da Educação da Câmara Municipal de Braga, hoje, à margem das comemorações do 21.º aniversário daquele equipamento que, por ano, recebe a visita de cerca de cinco mil crianças. «Vamos ter grandes melhorias no espaço com a introdução de algumas práticas que hoje são as mais atuais e que esta escola ainda não comporta», disse, dando como exemplos a inclusão de faixas para os autocarros e de linhas para ciclistas.

A ideia, explicou, é «acompanhar a evolução da cidade» de modo a que as crianças possam identificar as novas regras, no seu dia-a-dia, «e saber como agir quando estiverem em contexto de condutores».
Segundo Carla Sepúlveda, esta obra não será feita no imediato, uma vez que, entretanto, as instalações da Escola de Educação Rodoviária servirão para acolher, provisoriamente, a Escola da Veiga que será reabilitada. Contudo, a vereadora acredita que no ano letivo 2023/2024 esta será uma realidade.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up