Fotografia:

Teatro Jordão reabre portas como Escola de Artes Visuais, Artes Performativas e Música

A reabertura do recém-reabilitado ícone da cultura vimaranense decorreu este sábado à tarde com uma cerimónia protocolar e uma visita às instalações.

13 Fev 2022

O Teatro Jordão e a Garagem Avenida reabriram portas para uma cerimónia que marca o regresso deste importante espaço cultural de Guimarães enquanto local habitado e ao serviço a Arte e da Cultura vimaranenses.

Após um período em que sofreu obras de reabilitação e refuncionalização, no Teatro Jordão e Garagem Avenida funcionarão os cursos de Artes Visuais e Artes Performativas da Universidade do Minho, assim como a escola do Conservatório de Guimarães, da Sociedade Musical de Guimarães.

Regressa também o espaço dedicado às Bandas de Garagem, após o forçado período de inatividade provocado pelo decurso das obras.

A cerimónia teve início com a apresentação de um excerto do primeiro ato de “A Gaivota”, de Anton Tchékov, por alunos do 2º ano da Licenciatura em Teatro da Universidade do Minho, ao que se seguiram a intervenções protocolares e a atuação dos Jovens Cantores de Guimarães, com a interpretação de “Lullaby” de Daniel Elder e “We are the voices” de Jim Papoulis. Durante esta atuação, foi projetado um pequeno filme que mostrou, em time lapse, o decurso de toda a obra.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up