Fotografia: DR

Padre Luís Marinho vai servir escutismo a nível mundial

Sacerdote da Arquidiocese de Braga nomeado assistente mundial da Conferência Internacional Católica do Escutismo.

Redação
8 Fev 2022

O  padre Luís Marinho, Assistente Nacional do Corpo Nacional de Escutas, foi nomeado Assistente Mundial da Conferência Internacional Católica do Escutismo (CICE), para os próximos quatro anos.

Num comunicado enviado hoje ao Diário do Minho, o CNE afirma que o padre Luís Marinho, natural de Rego, Celorico de Basto, recebeu esta notícia com «grande alegria» por «ser chamado a servir o escutismo a nível internacional, dando o contributo específico de presbítero da Igreja Católica».

«É uma missão pastoral que a Igreja me confia. E sublinha especialmente a confiança da Igreja Católica no movimento e pedagogia escutista», refere o sacerdote que continuará na sua missão como Assistente Nacional do CNE.

A nomeação do padre Luís Marinho pelo Comité Mundial da CICE foi confirmada pelo Dicastério para os Leigos, Família e Vida da Santa Sé. O sacerdote português substitui o padre francês Jacques Gagey, que desempenhou a missão de assegurar a presença da dimensão espiritual na CICE ao longo dos últimos oito anos.

Natural de Rego, Celorico de Basto, o padre Luís Marinho, 49 anos, foi ordenado sacerdote em 1997. Coordenou a Pastoral Universitária da Arquidiocese de Braga, foi diretor espiritual dos Seminários Arquidiocesanos e capelão do Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa. É Assistente Nacional do CNE desde 2013.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up