Fotografia: DM

CDU-Braga quer novo regulamento com mais apoios diretos ao arrendamento

Regime de Apoio Direto ao Arrendamento sobe ao executivo e estará em discussão pública por 30 dias.

Rui de Lemos
8 Fev 2022

A versão final do novo regulamento do Regime de Apoio Direto ao Arrendamento (RADA) sobe, hoje, à mesa do executivo da Câmara Municipal de Braga, consagrando algumas alterações propostas pela CDU, mas a vereadora comunista Bárbara Barros quer mais e já anunciou a abstenção na votação do documento. O Regime de Apoio Direto ao Arrendamento consiste na atribuição de um subsídio financeiro que ajuda as famílias a suportar a renda paga no mercado normal, diminuindo-lhes o esforço financeira feito para a habitação.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up