Fotografia: Município de Ponte da Barca

Ponte da Barca quer estudo ambiental perante baixo nível de água no Alto Lindoso

Presidente da Câmara diz que o nível na barragem do Alto Lindoso e de Touvedo é «preocupante».

Redação/Lusa
4 Fev 2022

O presidente da Câmara de Ponte da Barca exigiu ontem a reavaliação dos limites de armazenamento de água estabelecidos no contrato de concessão do Alto Lindoso e um estudo de impacto ambiental face ao «histórico» baixo nível daquela barragem. «Temos desenvolvido, permanentemente, contactos quer com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), quer com a EDP. A situação é preocupante, tanto na albufeira da barragem hidroelétrica do Alto Lindoso, como na de Touvedo», afirmou Augusto Marinho.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up