Fotografia: DM

Alex Costa acredita «ser possível fazer muito mais pelo Vitória SC»

Eleições decorrem no dia 5 de março

Luís Filipe Silva
29 Jan 2022

Alex Costa apresentou hoje a sua lista sua lista aos órgãos sociais do Vitória SC, numa cerimónia que  decorreu  na Pousada de Santa Marinha. Com o lema “Sim Vitória”, o antigo jogador e capitão do clube acredita «ser possível fazer muito mais pelo Vitória SC», acrescentando que esta candidatura «não é contra ninguém».

O discurso que Alex Costa proferiu ontem no dia de apresentação da sua candidatura à presidência do Vitória SC:

«O dia de hoje representa muito para mim. Como já tive oportunidade de o escrever e de o dizer, o Vitória será sempre indissociável da minha vida. Como todos vós, foi assim que aprendi. A ser Vitória e a defender o Vitória.

Recebi dos meus aquilo que é este sentimento que não somos capazes de explicar. A querer ensinar aos meus filhos este sentimento de pertença, este pulsar, este bairrismo, mas acima de tudo, a querer que eles cresçam a defender o Vitória como parte dele que são. Estar aqui a abraçar este desafio não foi uma decisão fácil, mas foi ponderada, refletida e convicta, por acreditar que é possível fazer mais e melhor pelo nosso clube, mais e melhor pelo nosso Vitória.

A situação emergente do clube aumenta-nos a responsabilidade, e convoca-nos para que todos possamos dizer sim a uma campanha que enobreça o Vitória Sport Clube. É este o espírito que quero que esteja patente, é com este espírito que esta equipa se apresenta a estas eleições do Vitória. Contem com esta equipa para, de modo frontal e transparente, submeter aos associados um projeto capaz de engrandecer o Vitória e de o tornar à dimensão da sua massa associativa. Falar a verdade, ser realista, dizer sim à nossa tradição, sim à nossa história, mas essencialmente, garantir que diremos sim ao nosso futuro. Sabemos da dificuldade do caminho que agora iniciamos, mas estamos convictos de que, com todos, seremos capazes de ultrapassar todas as adversidades. À equipa que hoje me acompanha, deixo uma palavra de respeito e de admiração, por acreditarem neste projeto e por lhe darem um cunho de competência, altruísmo e dedicação nas diversas áreas, e que será essencial para que este Vitória seja diferente e melhor. A situação financeira gravosa que atravessamos ou um Vitória desportivamente longe do que ambicionamos, é a prova cabal de que continuamos a marcar passo, e que continuamos, sem confiança, a ziguezaguear por entre opções dúbias e decisões incompreensíveis. Por isso, aquilo que vos proporemos é um projeto sustentado, que seja capaz de traçar as linhas do que queremos ser nos próximos 5 ou 10 anos, e que não ande ao sabor do vento ou de quem o dirige.

Tenho-o dito que muitas vezes temos procurado resultados diferentes com receitas iguais, e por isso, deixo-vos com a promessa de que aquilo que propomos, mais do que uma mudança de perfil, é uma alteração dessa receita. Estamos aqui pelo Vitória, com a convicção de que temos tudo para sermos melhores e mais eficientes. Da nossa parte, faremos de tudo para demonstrarmos aos associados os méritos do nosso projeto, sem radicalismos, sem trincheiras e sem promovermos a divisão. Do outro lado, não estarão adversários, porque na nossa casa não os temos. Estarão projetos distintos que merecem o respeito de todos nós. O SIM Vitória, é o sim a uma campanha pela positiva, é o sim ao nosso futuro. É a convicção de que sim, podemos. Façamos do Vitória aquilo que com que sempre sonhamos e honremos o legado daqueles que há 100 anos fizeram nascer este Clube e este sentimento. Mas façamo-lo juntos e unidos, porque a partir de dia 5 de Março, cada um de nós, assumirá o papel que os sócios assim entenderem, sendo certo que há uma coisa que nunca mudará, o amor ao Clube», disse.

O ex-futebolista encabeça uma das duas candidaturas oficializadas aos órgãos sociais do Vitória de Guimarães, para além da que é liderada por António Miguel Cardoso, candidato derrotado no último ato eleitoral.

A lista candidata aos órgãos sociais do Vitória SC liderada por Alex Costa:

Assembleia Geral:
Presidente: Rui Vaz – sócio n.º 6594
Vice-presidente: Rui Miguel Machado – sócio n.º 6903

Direção:
Presidente: Alex Costa – sócio n.º 11281
Vice-presidente: Eduardo Leite – sócio n.º 2358
Vice-presidente: Ricardo Araújo – sócio n.º 6596
Vice-presidente: Carlos Oliveira – sócio n.º 2154
Vice-presidente: Carlos Ribeiro – sócio n.º 2504

Conselho Fiscal:
Presidente: Alberto Martins – sócio n.º 12042
Vice-presidente: Rui Guedes – sócio n.º 1076

Conselho de Jurisdição:
Presidente: Alexandra Pinto Coelho – sócio n.º 22140
Vice-presidente: Catarina Falcão – sócio n.º 26191

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up