Vídeo:

A plataforma integra programação dos 20 anos do Douro Património Mundial

Redação / NC
27 Janeiro 2022

A “Rostos da Aldeia”, plataforma multimédia de storytelling, passa a integrar a programação de comemoração dos 20 anos do Alto Douro Vinhateiro como Património da UNESCO.

A parceria com a CCDR-NORTE, gestora da iniciativa, tem por objetivo tratar e documentar a vida nas aldeias vinhateiras do Douro, com especial enfoque nos habitantes impulsionadores da mudança ou criadores da diferença, correspondendo assim ao desafio da campanha “20 Histórias Douro”.

Assim, a plataforma irá regressar às aldeias de Favaios, Barcos, Provesende, Ucanha, Salzedas e Trevões, para revisitar não apenas patrimónios, mas sobretudo, histórias e testemunhos de vida de cidadãos que combatem a tendência de despovoamento nos territórios de baixa densidade, de diferentes idades, profissões e localidades.

Estes relatos têm como ponto de partida conversas e entrevistas informais vertidos em conteúdos multimédia, que evidenciam também aspetos da história local, das tradições culturais às artes e ofícios e da gastronomia.

A equipa da “Rostos da Aldeia” – composta pela jornalista Luísa Pinto, o blogger Filipe Morato Gomes (Alma de Viajante) e o produtor de vídeo Tiago Cerveira – produzirá, neste tour, ao longo do ano 2022, reportagens de texto, fotografia e vídeo que serão publicadas na plataforma on-line, em redes sociais, no site dos “20 Histórias Douro” e apresentadas num podcast distribuído nos canais digitais do Jornal Público.

 


Outros Vídeos

Scroll Up