Fotografia: DR

Municípios seguem recomendações mas alertam que não podem controlar votos de confinados

Legislativas.

Redação/Lusa
26 Jan 2022

Municípios contactados pela Lusa asseguraram hoje que seguirão “ao máximo” as recomendações do Governo para o voto de cidadãos com covid-19 nas legislativas de domingo, salientando, contudo, que não podem impedir ninguém de votar no horário que quiser.

Autarcas de várias zonas do país salientam que, para as eleições de domingo, o que podem e vão fazer é divulgar as recomendações do Governo para que as pessoas em isolamento votem no domingo entre as 18:00 e as 19:00, além da adoção dos cuidados que passam por disponibilizar aos elementos das mesas meios de proteção individual e exigir aos eleitores o uso de máscara (máscaras comunitárias não são permitidas), além de incentivar a desinfeção das mãos e o uso de canetas próprias.

Para estas legislativas estão inscritos 10.821.244 eleitores nos cadernos eleitorais.

Um total de 285.848 eleitores votaram domingo para as eleições legislativas amtecipadas, correspondendo a 90,51% dos 315.785 que se inscreveram na modalidade de voto antecipado em mobilidade, informou hoje o Ministério da Administração Interna.​​​

Os votos de mais de 13.000 utentes de lares e em confinamento devido à covid-19 são recolhidos nos domicílios dos eleitores até hoje pelos municípios.





Notícias relacionadas


Scroll Up