Fotografia: DR

#SIMEUVOTO é campanha digita em Braga de apelo ao voto jovem

«Efectivamente, o combate à abstenção tem de ser, necessariamente, um combate de todos nós. Que não reste nenhuma dúvida: Abdicar de votar significa deixar que decisões fundamentais sejam tomadas por outros no nosso lugar»

Redação
21 Jan 2022

No âmbito das Eleições Legislativas 2022, o Município de Braga está a promover uma campanha digital de apelo ao voto jovem e de sensibilização contra a abstenção, sob o lema e a hashtag #SIMEUVOTO.

As eleições terão lugar no próximo dia 30 de janeiro, sendo que o voto antecipado em mobilidade decorrerá no já próximo domingo, dia 23.

«As próximas Eleições Legislativas serão, certamente, o momento em que muitos jovens, pela primeira vez, poderão exercer o seu direito de voto, um direito fundamental consagrado na Constituição da República Portuguesa»m refere a Câmara.

«São desígnios da Câmara Municipal impulsionar a participação cívica, designadamente a participação eleitoral dos mais jovens, combater o fenómeno da abstenção e contribuir activamente para uma melhor Democracia», acrescenta a autarquia em nota de imprensa.

De acordo com Sameiro Araújo, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, responsável pelas áreas da Juventude, Cidadania e Participação, «votar é um direito fundamental e é absolutamente essencial que todos – neste caso em particular, os mais jovens – exerçam esse direito».

«O voto é o melhor e o mais forte instrumento de que os jovens dispõem para dizerem o que pretendem para o seu futuro, para intervirem nos assuntos que, directa e indirectamente, lhes dizem respeito e que têm impacto na sua vida», diz.

Nesse sentido, a vice-presidente explica que o Pelouro da Juventude «colocou em marcha, nas redes sociais, a campanha #SIMEUVOTO, com o propósito de estimular o voto dos mais jovens, divulgando toda uma série de informações úteis e importantes sobre esse acto tão decisivo e poderoso: Votar».

«Efectivamente, o combate à abstenção tem de ser, necessariamente, um combate de todos nós. Que não reste nenhuma dúvida: Abdicar de votar significa deixar que decisões fundamentais sejam tomadas por outros no nosso lugar», alude.

A terminar, Sameiro Araújo lança o apelo: «Que, nos próximos dias 23 (voto antecipado em mobilidade) e 30 de Janeiro, todos votem nas Eleições Legislativas. E que os jovens sejam o motor de uma ampla participação eleitoral».





Notícias relacionadas


Scroll Up