Espaço do Diário do Minho

Desporto para jovens tem regras

21 Jan 2022
Luís Covas

Existe a crença generalizada de que fazer desporto faz bem à saúde das crianças, por isso, são cada vez mais os pais que apostam no desporto como forma de ocupação dos tempos livres dos seus filhos, pois reconhecem que este veicula um conjunto de valores e virtudes.

Realizar atividade física, seja em que idade for, pode trazer um conjunto de benefícios, não só a nível físico, como psíquico e social. A nível físico é sabido que o desporto ajuda no combate à obesidade, reduz o risco de doenças cardiovasculares, fortalece músculos, ossos e articulações. A nível psíquico, eleva a autoestima dos praticantes, pois este desenvolve um conjunto de habilidades melhorando o seu aspeto físico bem como uma melhor imagem. A nível social, o Desporto assume-se como um lugar privilegiado, onde se estreitam laços sociais de amizade, permitindo a partilha de sentimentos e dando ao indivíduo a sensação de pertença de grupo.

Por tudo aquilo que se acaba de explanar, fica bem patente a importância da prática desportiva no desenvolvimento integral das crianças.

Nunca é demais relembrar que o desporto tem como objetivos fundamentais a aquisição de valores como a saúde, pois a prática desportiva apela à aquisição de um estilo de vida saudável. A cooperação, pois num desporto de equipa só se conseguem atingir os objetivos quando todos unem esforços em torno de um projeto comum. O respeito pelo adversário, pelos colegas ou pelos árbitros.

O valor da amizade, pois a prática desportiva favorece a possibilidade de se fazerem novos amigos. Ainda o empenho, pois para que se atinga um determinado objetivo é necessário muito trabalho, esforço e dedicação, sem os quais nunca se obterá sucesso.

O saber perder pois através do desporto se ensina as crianças a compreenderem que a vida se faz de sucessos e insucessos e que é importante aprender com os insucessos que vão surgindo ao longo da vida.

Nesse sentido é muito importante o apoio dos pais esclarecendo o seu filho que perder não significa fracasso. A derrota é uma consequência lógica de quem pratica desporto, pois existem sempre 3 resultados possíveis: ganhar, empatar e perder. Além disso, a derrota permite-nos refletir acerca dos aspetos onde temos que melhorar.

Não esquecer de referir que a vitória é um estado transitório, ou seja, se hoje ganhamos, é possível que amanhã percamos. Quer isto dizer, que deve ensinar o seu filho a ser humilde nas vitórias, respeitando sempre os adversários. Diga-lhe que o Desporto não é uma guerra e que os adversários não são inimigos.

As crianças, por vezes, tendem a encarar os jogos desportivos como uma “guerra”, esquecendo-se frequentemente de se divertirem com o jogo. Diga-lhes que o mais importante é tirar partido dos benefícios que o jogo lhes dá. Por isso, devemos sempre respeitar o adversário como um amigo! Diga ao seu filho que é possível ganhar e jogar com Fair-Play sem esquecer de o informar que fazer desporto é uma opção saudável e um excelente complemento para os tempos livres, mas não esqueça que a vida académica estará sempre em primeiro lugar!

Por isso, para que isto se aconteça, é necessário cumprir com todas as regras mencionadas.



Mais de Luís Covas

Luís Covas - 20 Mai 2022

Provavelmente já ouviram falar, no desporto, em histórias de superação de limites e logo nos recordamos daquela imagem da maratonista suíça cambaleando quase desfalecida para cruzar a linha final. Ela não venceu a prova, sua classificação nem foi importante. Mas a imagem de alguém que, contrariando as próprias fraquezas, procurou forças para atingir o objetivo […]

Luís Covas - 6 Mai 2022

As cenas de fúria e de exaltação protagonizadas pelo técnico do Moreirense, Ricardo Sá Pinto, no final do jogo com o Boavista no passado domingo, deveriam merecer um aprofundado estudo sobre os motivos que originaram tal comportamento. Terá sido desânimo? Desespero? Frustração? Poder-se-á interpretar de várias formas a sua atitude comportamental face ao incumprimento do […]

Luís Covas - 22 Abr 2022

Atravessando um dos melhores períodos, com o aparecimento das novas tecnologias, a sociedade civil atual não tem noção da sua evolução e do que ainda irá acontecer no futuro. Relembrando um pouco da história já nos longínquos anos oitenta, do século passado, assisti a umas breves imagens na RTP, dum jogo, no caso específico de […]


Scroll Up