Fotografia: Nuno Cerqueira

Falta de condições obriga Polícia Marítima a encerrar Marina de Esposende

Docapescas e Polícia Marítima.

Nuno Cerqueira
5 Jan 2022

A capitania do Porto de Viana do Castelo, através da Polícia Marítima, mandou encerrar a Marina de Esposende, assim como uma parte de um pontão na Marina dos Pescadores.

Segundo apurou o Diário do Minho junto do capitão do porto de Viana do Castelo, Rui Lampreia, na base da decisão estão «as condições de segurança do espaço assim como o assoreamento do espaço.

«Também o recuo da Restinga, coloca a Marina exposta à força das ondas, aumentando ainda o perigo daquele espaço», confirmou Rui Lampreia.

A capitania, através da Docapesca, ordenou à retirada de todos as embarcações do espaço. Também na Marina Sul, utilizada pelos pescadores, um pontão está também sem condições de segurança, provocada pelo excesso de peso das redes de pesca que ali são colocadas.

«Também tivemos que interditar esse espaço», apontou o capitão. Aliás, esta ação também é motivada pela dragagem que ali se pretende fazer.

«Vamos ver como se comporta o inverno, mas que o espaço está em perigo, isso não restam dúvidas», disse.





Notícias relacionadas


Scroll Up