Fotografia: Diocese de Viana do Castelo

Bispo de Viana alerta que a paz no mundo deve começar nas famílias e entre vizinhos

D. João Lavrador, Bispo de Viana enfatizou a necessidade de se iniciar a construção da paz, em casa, nas famílias e vizinhos.

Francisco de Assis
3 Jan 2022

O Bispo de Viana do Castelo valoriza os apelos a paz no mundo e a compaixão pelos refugiados, mas recorda que a paz deve começar dentro de portas, ou seja, em casa, nas famílias e entre vizinhos. O alerta de D. João Lavrador foi deixado na eucaristia do dia 1 de janeiro, em que a Igreja celebra o Dia Mundial da Paz e de Maria, Mãe de Deus e mãe dos cristãos. Na homilia, daquela que foi a sua primeira missa de início do ano como bispo de Viana do Castelo, D. João Lavrador recordou a Igreja e os cristãos celebravam a solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, e que todos são convidados a percorrer os caminhos que levam à edificação de um mundo a viver a paz na sua autenticidade. «Por isso, de longa data, a Igreja dedica este primeiro dia do ano a reflectir, a rezar e a empenhar na construção da paz».
[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up