Fotografia: DM

CDU quer recuperar deputado pelo distrito e impedir a constituição de maiorias absolutas

O compromisso eleitoral regional da CDU foi apresentado esta manhã, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Rita Cunha
28 Dez 2021

Reforçar a presença da CDU pelo distrito de Braga na Assembleia da República, recuperando assim a única deputada “perdida” em 2019, e contribuir «decisivamente» para a não constituição de maiorias absolutas são os propósitos dos candidatos do partido pelo Círculo Eleitoral de Braga para eleições legislativas do dia 30 de janeiro.

Hoje, por ocasião do ato público de apresentação do Compromisso Eleitoral Regional, o primeiro candidato lembrou a ex-deputada Carla Cruz, que perdeu o cargo há dois anos, como tendo sido, na altura, uma candidata «excecional na sua intervenção, sempre atenta aos problemas do distrito e assertiva na resolução dos problemas na Assembleia da República».

No topo dos compromissos centrais, a CDU coloca o aumento geral dos salários como «uma emergência nacional», com especial destaque no distrito de Braga onde «o poder de compra é bem inferior ao da média nacional». Por isso, defende o aumento geral dos salários para todos os trabalhadores e do salário mínimo nacional para 850 euros, assim como a atualização anual das pensões e o reconhecimento das longas carreiras contributivas, assegurando o direito à reforma com 40 anos de descontos e a reposição da idade da reforma de 65 anos, eliminando as penalizações sobre os pensionistas «empurrados para reformas antecipadas».

A dinamização do desenvolvimento económico, o direito à saúde e à habitação e a proteção social dos trabalhadores e o alargamento da rede pública de casas de acolhimento e abrigo para vítimas de violência doméstica são outros dos pontos em destaque.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up