Fotografia: DR

Faleceu Desmond Tutu

Arcebispo sul africano e Nobel da Paz de 1984 tinha 90 anos

Redação/Lusa
26 Dez 2021

Desmond Tutu, arcebispo emérito sul-africano e vencedor do Prémio Nobel da Paz de 1984 pelo seu ativismo contra o regime de segregação racista do apartheid, morreu hoje aos 90 anos, anunciou o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa.

Num comunicado emitido, o Presidente confirma o falecimento e enviou as condolências à família.

«A morte do arcebispo emérito Desmond Tutu é um novo capítulo de luto na despedida da nossa nação a uma geração de sul-africanos excecionais que nos legaram uma África do sul liberta», acrescentou o presidente.

 Ramaphosa considerou Desmond Tutu «um homem de uma inteligência extraordinária, íntegro e invencível contra as forças do apartheid», mas que foi «também terno e vulnerável na sua compaixão por aqueles que sofreram a opressão, a injustiça e a violência» quer sob o apartheid quer sob opressores no mundo inteiro.

O arcebispo anglicano estava debilitado há vários meses, durante os quais não falou em público, mas ainda cumprimentava os jornalistas que acompanhavam cada uma das suas saídas recentes, como quando foi tomar a sua vacina contra a covid-19 num hospital ou quando celebrou os seus 90 anos em outubro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up