Fotografia: DM

“Pedaladas Solidárias” uniram cerca de 100 ciclistas por uma sociedade melhor

Famílias e grupos de amigos pedalaram, na manhã de domingo, para angariar bens alimentares que serão distribuídos por famílias carenciadas do concelho

Carla Esteves
19 Dez 2021

Cerca de 100 ciclistas, pedalaram, hoje de manhã, em pleno centro da cidade, numa iniciativa destinada a reunir bens alimentares que serão agrupados em cabazes solidários para ajudar famílias carenciadas do concelho de Braga. Promovida pelo Fundo Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Braga e Empresas Municipais, em parceria com a Associação de Cicloturismo do Minho, a iniciativa “Pedaladas Solidárias” retomou assim o fôlego após uma paragem de um ano em virtude da pandemia de Covid-19, e demonstra que o desporto continua a ser via para apoiar boas causas.

A partida foi dada pelas 10h00, no Largo do Pópulo, onde os ciclistas se  concentraram, alguns vestidos de Pais Natal ou com adereços natalícios, para pedalarem a favor de famílias bracarenses sinalizadas, numa iniciativa que contou também com o apoio do Município de Braga e da Braga Ciclável.

O presidente da direção do Fundo Social da Câmara Municipal de Braga, Fernando Arménio Silva, disse ao Diário do Minho que o evento se realiza há cerca de uma dezena de anos, e foi apenas interrompido no ano passado pelos condicionalismos pandémicos.

«Este ano, consideramos que, com as devidas precauções, seria possível  retomar as Pedaladas, uma vez que se trata de uma iniciativa ao ar livre, e a esta hora ainda não há assim tanta gente a circular na cidade», afirmou.

Segundo Fernando Arménio, a causa solidária é aquela que realmente move a iniciativa, mas é importante salientar também os momentos de partilha e de convivência que se geram neste evento, que num domingo de manhã tão soalheiro, contribuiu para elevar ainda mais o espírito de Natal.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up