Espaço do Diário do Minho

PAIS & FILHOS – Regras e Limites com Amor e Firmeza!

7 Out 2021
Elisabete Costa

Como impor regras e limites com amor e firmeza?

Esta é uma pergunta bastante recorrente no dia-a-dia dos pais. Se por um lado, querem impor disciplina e alguma autoridade ao seu filho, por outro querem ser sinónimo de amor e carinho. Encontrar este equilíbrio nem sempre é fácil, mas acredite que é possível.

Hoje, serão revelados alguns segredos para que possa educar o seu filho com amor e firmeza.

Para começar, importa dizer que educar é amor, mas também é impor regras e limites. De um modo geral, os limites ensinam a criança a perceber até onde ela pode ir e dão-lhe segurança e autocontrole, permitindo que aprenda a respeitar o lugar do outro. Por sua vez, as regras ajudam-na a organizar-se, e a saber o que podem e não podem fazer, e em que momentos. É trabalho dos pais, e por vezes um trabalho árduo, ir “balizando” o comportamento da criança, de forma contínua e persistente. O mais importante é não desistir.

A imposição de regras e limites deve começar desde cedo, enquanto os filhos são ainda bebés. Se a criança souber lidar com as regras e com os limites desde cedo, tornar-se-á um adulto capaz de lidar de forma mais ajustada com as adversidades, mantendo um maior equilíbrio psicológico e mobilizando recursos internos, no sentido de encontrar respostas mais adequadas para cada situação. Importa salientar que as regras e os limites devem ser ajustados à idade e às características de cada criança, assim como, à realidade de cada família.

Para o guiar nesta caminhada, deixo-lhe algumas dicas para conseguir estabelecer regras e limites para o seu filho:

  • Apresente as regras e os limites de forma clara;
  • Seja justo e coerente;
  • Incentive o envolvimento da criança na definição de algumas regras;
  • Utilize consequências lógicas, positivas e com curta duração no tempo;
  • Elogie e valorize sempre que as regras e os limites sejam cumpridos;
  • Seja um modelo para o seu filho, cumpra as regras e os limites estipulados para os pais.

Esta é sem dúvida, uma missão desafiante para os pais, mas impor regras e limites às crianças é uma demonstração de amor, que revela preocupação e respeito pela criança, e que traz consigo várias vantagens, tais como: ensina a criança a ver o todo, e não só a sua parte; ajuda a desenvolver capacidade empática e capacidade de lidar com frustrações; ajuda a interiorizar a obediência a regras morais e sociais desde muito cedo; torna as crianças menos ansiosas, mais autónomas e com maior autocontrolo.

Posto isto e para terminar, referir que para que tudo isto resulte, e tenha êxito na missão de educar o seu filho, é preciso que tenha firmeza, criatividade, determinação e muito amor para manter o seu filho num caminho seguro com o propósito de desenvolver a sua autonomia. Bons pais hoje, bons filhos adultos amanhã!



Mais de Elisabete Costa

Elisabete Costa - 21 Jul 2022

Não é apenas a aparência física que os filhos herdam dos pais. Na verdade, os valores, as crenças, as tradições e, muitas vezes, os comportamentos são absorvidos pelas crianças e a figura dos pais torna-se fulcral para o saudável crescimento das mesmas. As crianças acolhem todas as informações e emoções das pessoas que as rodeiam […]

Elisabete Costa - 23 Jun 2022

De forma intuitiva, os pais dizem que Brincar faz bem às crianças, mas será que sabem o porquê de lhes fazer bem? Se pensarmos, podemos dizer que lhes faz bem porque as estimula, porque as diverte, porque é usual as crianças brincarem. Mas então, porque é tão importante deixar as crianças brincar? Brincar é aprender, […]

Elisabete Costa - 19 Mai 2022

Ouço muitas vezes pais e mães dizerem “oh tempo vai mais devagar, o meu filho está a crescer muito depressa”. A verdade é que o tempo passa e os pais, no corre-corre do dia-a-dia, acabam por nem sempre darem a devida atenção ao crescimento dos filhos. Quando a criança é ainda dependente, a tendência é […]


Scroll Up