Fotografia: DR

Vieira do Minho: Filipe de Oliveira quer serra da Cabreira como zona protegida

Autárquicas em Vieira do Minho.

Redação
30 Ago 2021

Filipe de Oliveira, candidato do Partido Socialista (PS) à presidência da Câmara de Vieira do Minho, anunciou que vai criar “a Zona Protegida da Serra da Cabreira”, caso seja eleito presidente do município no próximo dia 26 de setembro.

“Temos que olhar para a Serra da Cabreira como um grande recurso natural de Vieira do Minho, essencial para o ambiente, para o turismo e para a economia verde do concelho”, preconizou Filipe de Oliveira, que falava ao princípio da noite deste domingo, perante dezenas de pessoas, na sessão de apresentação de Alda Gomes como candidata à presidência da Junta de Anjos e Vilar Chão, uma união de freguesias abrangida pela serra da Cabreira.

Lembrando que “a maior parte do território da Serra da Cabreira está inserida no concelho de Vieira do Minho”, Filipe de Oliveira adiantou que, em caso de vitória eleitoral, criará “uma equipa de trabalho, envolvendo centros de investigação, como a Universidade do Minho, e o Ministério do Ambiente”.

Esse trabalho de investigação analisará “os valores florísticos e faunísticos” da serra da Cabreira, explicou, o que conduzirá à criação de uma área protegida, podendo ser de âmbito nacional ou local.

“Vieira do Minho faz fronteira com o único parque nacional do país, a Peneda-Gerês, e a Serra da Cabreira nunca foi devidamente valorizada”, lamentou o candidato do PS, acrescentando que a criação de uma zona protegida “será uma medida estratégica sem precedentes em Vieira do Minho que vai qualificar o nosso ambiente, o nosso território e o nosso turismo”.

O candidato socialista teve um fim de semana intenso de pré-campanha, com apresentações de candidatos às Juntas de Freguesia de Anissó e Soutelo (Jorge da Silva Vieira), Eira Vedra (José Lemos), Parada de Bouro (Liliane Pereira), Ventosa e Cova (Delfim Martins), Caniçada e Soengas (Clara Malainho Carneiro) e Anjos e Vilar Chão (Alda Gomes).

O PS apresenta listas próprias em 14 das 16 freguesias do concelho, sendo a força política com mais candidaturas.





Notícias relacionadas


Scroll Up