Fotografia: DR

Sporting ainda não pagou ao Santa Maria mecanismo de solidariedade por Paulinho

Avançado formado no clube barcelense, transferiu-se do SC Braga para o Sporting, por 16 milhões de euros. Leões assumiram o pagamento do mecanismo de solidariedade.

Luís Filipe Silva
17 Ago 2021

O Santa Maria ainda não recebeu a verba relativa ao mecanismo de solidariedade da transferência do avançado Paulinho do SC Braga para o Sporting, em janeiro passado.

O dianteiro, formado no clube barcelense, transferiu-se do Minho para Alvalade por 16 milhões de euros, tendo o Santa Maria direito a cerca de 480 mil euros ao abrigo do mecanismo de solidariedade. Só que a verba, que o pagamento da verba, que ficou a cargo do Sporting ainda não foi liquidada, segundo revelou ontem o presidente do Santa Maria, Bruno Torres, no dia de apresentação da equipa sénior do clube.

«Para já ainda não recebemos nada. É uma situação que estamos a aguardar. O que dizem sempre é que o Sporting é bom a contratar mas é mau a pagar. Estamos a tentar que as coisas se resolvam pela via do diálogo. Para já não recebemos nada mas vamos. Estamos a falar de um valor bastante elevado que vai ajudar o clube a dar os passos para regularizar a dívida e construir um novo campo de futebol de sete para a nossa formação, e estabilizar o clube», disse.

O líder do clube barcelense fala também num diferencial de números, de acordo com as contas do Santa Maria e Sporting.

«A lei diz que temos a receber cerca de 480 mil euros, só que o Sporting diz que temos a receber 363 mil euros, devido ao atleta Paulinho não ser um profissional de formação. Temos algumas dúvidas sobre isso e estamos a tentar esclarecer junto das autoridades responsáveis para saber o valor a receber e a forma de pagamento», frisou.





Notícias relacionadas


Scroll Up