Fotografia: DR

Ala da alimentação gera «dinâmica positiva» que acrescenta valor ao projeto do Mercado Municipal

Novo espaço com vários quiosques abriu hoje ao público na Praça – Mercado Municipal de Braga.

Rita Cunha
5 Ago 2021

O Mercado Municipal de Braga conta desde hoje com uma ala da alimentação que permitirá gerar uma «dinâmica positiva» entre os operadores da Praça, quiosques e consumidores, acrescentando valor a todo o projeto. Dos dez quiosques disponíveis, abriram ao público seis, sendo que dois deles abrirão em setembro e os outros dois ainda estão em fase de negociação. O piso superior acolherá um restaurante, cuja data de abertura ainda não está definida.

Cozinha italiana, hambúrgueres, doçaria, leitão, cervejaria. Estes são algumas das propostas do “Mesa na Praça”. Em finais de setembro, juntar-se-ão outras iguarias como um quiosque de sushi e uma vinoteca que alia uma vasta diversidade de vinhos aos petiscos típicos da cidade. De destacar, ainda, que há espaço para a instalação de espaços temporários sazonais, estando neste momento presente um espaço de vena de gelados tradicionais.

Na inauguração deste espaço integrado no edifício do Mercado Municipal de Braga, o presidente da autarquia salientou a importância do mesmo , constituindo-se como uma «mais-valia» não só para a Praça como para a cidade. Ricardo Rio considerou mesmo que esta ala é «ela própria um fator de regeneração e de reabilitação» do Mercado que, «seguramente, vai atrair mais pessoas fora do horário normal de funcionamento», o que «é fulcral para que outros projetos se possam desenvolver na sua envolvente».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up