Fotografia: Arquivo DM

Vila Nova de Famalicão passa para risco “muito elevado”

Quatro município dos distritos de Braga e de Viana do Castelo ficam em alerta e sete concelhos estão em risco elevado.

Joaquim Martins Fernandes
22 Jul 2021

O Conselho de Ministros elevou, hoje, de cinco para sete o número de concelhos dos distritos de Braga e de Viana do Castelo na lista de risco elevado, o que implica a aplicação de medidas mais restritivas, especialmente ao fim-de-semana, já a partir desta sexta-feira, dia 23 de julho.

 

Já Vila Nova de Famalicão, que estava em risco elevado, passa para “muito elevado”, passando, por isso, a ter mais restrições.

 

Veja AQUI as restrições aplicadas a todos os concelhos.

 

O anúncio feito em conferência de imprensa pela ministra de Estado, Mariana Vieira da Vieira da Silva, fez saber que Barcelos, Braga, Fafe, Guimarães, Paredes de Coura, Viana do Castelo e Vizela são agora os concelhos do Minho com o risco mais elevado de transmissão do vírus SARS-CoV-2. No país, em risco elevado de contágio estão 55 concelhos, disse a governante.

Já sob vigilância apertada das autoridades de saúde foram colocados 29 concelhos. Entre eles estão Celorico de Basto, Esposende, Ponte de Lima e Póvoa de Lanhoso.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up