Fotografia: André Macedo

Crianças convidadas a descobrir sons das plantas do Mosteiro de Tibães

Sessão “À escuta das plantas” acontece no próximo sábado de manhã.

Rita Cunha
7 Jul 2021

O Circuito – Serviço Educativo da Braga Media Arts promove no próximo sábado, dia 10 de julho, às 10h00, nos jardins do Mosteiro de Tibães, o workshop “À Escuta das Plantas”, uma oficina que convida crianças, com idades compreendidas entre os seis e os 14 anos a descobrir os sons que se escondem nas árvores e em outras plantas.

Recorrendo a diferentes dinâmicas como a caminhada sonora, a escuta ativa e a interação sensorial, ajudados por sensores de impulsos elétricos e microfones de contacto, esta oficina tem por objetivo a consciencialização dos participantes para a importância da preservação do meio ambiente e para uma perceção da comunicação e interação das plantas com o ser humano.

A oficina é conduzida por Cláudia Martinho, arquiteta, artista sonora e investigadora na Universidade do Minho. Cláudia Martinho tem vindo a desenvolver uma prática experimental que cruza arte sonora, arquitetura, ecologia acústica, animismo e ativismo. Interessa-se particularmente pela cocriação espacial e sonora como ferramenta e ação transformadora, e desenvolve instalações sonoras, performances e oficinas, que incentivam a escuta ativa e o desenvolvimento do ser humano em convívio com a natureza. É cofundadora da Rural Vivo, associação cultural dedicada a atividades artísticas, educativas e ecológicas na Serra do Gerês, Reserva da Biosfera da UNESCO. É também autora do “Concerto para 2027 plantas”, instalação bioacústica que fechou a sessão pública de apresentação da candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura 2027.

O workshop dura duas horas. Os bilhetes – à venda em ‘https://circuitobma.bol.pt‘ e nos locais habituais – custam sete euros por criança + acompanhante, acrescentando-se três euros por cada criança extra.





Notícias relacionadas


Scroll Up