Fotografia: Francisco de Assis

Câmara de Braga aprova contas de 2020 e Ricardo Rio admitiu remunicipalizar a Agere

Contas municipais condicionadas pela pandemia

Francisco de Assis
31 Mai 2021

O Executivo da Câmara Municipal de Braga aprovou esta noite o Relatório de Gestão e Contas de 2020, que mostra que, no ano passado foram investidos cerca de 20,1 milhões de euros, um saldo positivo de 2,2 milhões; e uma redução de 2% no passivo.

Um «excelente» resultado, na ótica de Ricardo Rio, que admitiu a remunicipalização da Agere, embora reconheça que seja uma hisótese muito difícil, uma vez que a empresa vale atualmente muitos milhões de euros.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up