Fotografia: Estúdios Lima/Vila Verde

SC Braga mostrou Taça na Câmara Municipal

O SC Braga foi hoje recebido na Câmara Municipal de Braga recebeu a homenagem pela conquista da Taça de Portugal no passado domingo, frente ao Benfica (2-0). O presidente do SC Braga, António Salvador, teceu rasgados elogios ao técnico, Carlos Carvalhal e aos jogadores. «Queria deixar uma palavra especial a Carlos Carvalhal. O meu muito […]

Luís Filipe Silva
24 Mai 2021

O SC Braga foi hoje recebido na Câmara Municipal de Braga recebeu a homenagem pela conquista da Taça de Portugal no passado domingo, frente ao Benfica (2-0).

O presidente do SC Braga, António Salvador, teceu rasgados elogios ao técnico, Carlos Carvalhal e aos jogadores.

«Queria deixar uma palavra especial a Carlos Carvalhal. O meu muito obrigado por há um ano, quando nos reunimos, ter aceitado este desafio em ano de centenário. Era o que prendia: um treinador da casa, com paixão pelo clube, um treinador que viesse para ganhar e trabalhar de uma forma apaixonada e que não viesse para cá para se mostrar, conseguir ganhar algo e projetar-se para outros patamares, como muitos daqueles que por cá têm passado. Você é daqueles que veio e veio para ficar, para trabalhar de uma forma apaixonada por este grande clube».

O dirigente elogiou ainda a postura dos adeptos do SC Braga na celebração da conquista da Taça no passado domingo. «Os adeptos souberam da sua responsabilidade nos festejos, respeitando as regras sem haver problemas como se viu numa outra zona do país.», disse.

Já Carlos Carvalhal disse ter «cumprido um sonho de menino» .«Tenho de ter uma palavra de gratidão para os meus jogadores, porque foram vocês que me ajudaram a cumprir este sonho, ajudaram. Há treinadores que sonham ganhar a Champions, eu tinha o sonho de ganhar algo de importante pelo SC Braga. Imaginem a felicidade que tenho dentro de mim, sou um homem completamente realizado na minha profissão. E devo isto a vocês todos e muito aos jogadores. Vocês perseguiram a ideia, o todo foi muito mais do que as partes, não houve um único problema e foram de uma dedicação tremenda. Estou-vos eternamente grato. Cumpri um sonho de menino e, se tivesse de terminar a minha carreira hoje, sentia-me realizadíssimo», disse.

No que diz respeito a poder atingir outros voos no SC Braga, Carlos Carvalhal referiu que tal só será possível quando o clube atingir outro patamar. «Quando tiver um orçamento de 50 por cento dos denominados grandes e tiver 20 mil pessoas em todos os jogos. Esse é o desafio que temos e acredito que vamos conseguir», disse.

Por seu turno, Ricardo Rio, autarca bracarense, sublinhou «a enorme alegria» que o SC Braga deu ao município pela conquista de mais uma Taça de Portugal. «Estamos a falar de uma das provas mais emblemáticas do futebol do nosso país. Estamos a falar de uma conquista que é já não apenas um acidente de percurso porque admito que há alguns anos atrás, quando o SC Braga começou a trazer o seu nome para o palmarés das principais provas nacionais e internacionais, se pensasse que era um dos casos avulsos. Não é isso o que o SC Braga tem feito. Aquilo que assistimos ao longos dos últimos anos é um crescimento muito sustentado. A afirmação de uma grande equipa. Um verdadeiro grande do futebol nacional, ao ponto em que cada nova época que chega ser permanentemente candidato à conquista de troféus. Daí também tem que ser reconhecido por todos os adeptos da modalidade e do desporto e desde logo, dos próprios bracarenses.

Este troféu é também especial por outras razões, a primeira das quais estamos em ano de centenário e não há melhor prenda para os adeptos do SC Braga do que juntar ao palmarés riquíssimo mais uma taça para o museu do clube.

Num ano em que também tivemos a felicidade de ter à frente deste grupo de tão valorosos jogadores de enormíssima qualidade, um técnico de Braga, que vive e que segue o clube como ninguém que todos recordámos desde os seus tempos de jogador no clube desde os escalões de formação.

Ricardo Rio elogia Salvador e aponta à conquista do título

Finalmente, este clube e estrutura desportiva, tem o líder máximo, que é o presidente do clube, recentemente eleito para um novo mandato. E julgo que nenhum presidente poderia começar um novo mandato de forma mais interessante e satisfatória do que aquela que o presidente António Salvador teve logo a arrancar este novo mandato. Mas obviamente que este percurso, esta afirmação do clube tem muito a ver com aquilo que tem trazido para essa mesma ambição que o SC Braga hoje ostenta. Queria aqui prestar esta justa homenagem, por ter sabido alavancar o clube para outros patamares de ambição e que hoje a todos nos une naquela ideia de que só falta fazer aquilo que ainda não foi feito: Em agosto conquistar a Supertaça e numa próxima época, tão cedo quanto possível, conquistar o campeonato nacional».

Os acessos à Praça do Município foram vedados e os jogadores mostraram de longe a Taça de Portugal aos adeptos que esperaram nas artérias próximas.





Notícias relacionadas


Scroll Up