Fotografia: DM

D. Jorge Ortiga pede «paixão na missão» e recorda que «o amor vence tudo»

D. Jorge Ortiga presidiu à celebração do Centenários das Irmãs Missionárias do Espírito Santo, na Igreja Paroquial de Fraião

Carla Esteves
23 Mai 2021

O Arcebispo de Braga incentivou, hoje, os cristãos a «colocar paixão na missão», e deixou uma mensagem de esperança, de tranquilidade e de não resignação perante as adversidades, lembrando que «Ominia Vincit Amor. O amor vence tudo».

D. Jorge Ortiga presidia à celebração do Centenário das Irmãs Missionárias do Espírito Santo, que, hoje, decorreu na Igreja Paroquial de Fraião, em Braga. Numa igreja onde marcaram presença autoridades religiosas e civis, todos louvaram a Deus pela história destas religiosas, «repleta de narrativas de testemunhos de anúncio do Evangelho».

Acolhendo o desafio do Papa Francisco que nos interpela a «olhar para o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança», o Prelado recordou que «somos filhos de um pai que nos ama imensamente» e que «necessitamos de saborear o seu amor nunca nos contentando com um relacionamento superficial e ocasional».

«Ele está connosco com um amor intenso que vai para além daquilo que a vida nos oferece. Mesmo quando não nos parece, Deus é Pai amoroso que está cuidando de nós através de uma solicitude de consolação e de esperança. Ama-nos como ninguém», assegurou o Prelado.

Sustentou, contudo que «esta consciência tem que ter consequências muito concretas no dia a dia».

«Nada de desalentos e pessimismos. Muita confiança e tranquilidade. Os antigos diziam. Omnia Vincit amor. O amor vence tudo», apelou, pedindo que sejamos expressão do Seu amor em todos os cantos do mundo mas, particularmente, no nosso mundo, onde passamos a nossa vida».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up