Fotografia: Avelino Lima

Rede Solidária do Medicamento chega a Braga para ajudar famílias carenciadas

O Município de Braga afeta uma verba de 100 euros por cada beneficiário aderente ao programa.

Ana Marques Pinheiro
20 Mai 2021

A Câmara Municipal de Braga formalizou hoje a adesão à Rede Solidário do Medicamento que possibilita aos cidadãos em situação de carência económica o acesso aos medicamentos essenciais para a sua vida e que lhe são prescritos por receita médica.

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, considerou que se trata de uma iniciativa «extremamente pertinente por razões de cariz social».

«É uma situação que infelizmente nos vai chegando eco recorrentemente por parte de profissionais das farmácias, autarcas e de representantes de instituições sociais. São muitas as circunstâncias em que infelizmente o cidadão não consegue pagar a sua receita, pondo em causa a sua própria saúde», explicou o presidente. 

A Câmara de Braga, com este protocolo, pretende minorar essas dificuldades.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up