Vídeo: Liga Portugal

Com este desaire, os pupilos de Bino Maçães continuam com 42 pontos, no sexto lugar, mas apenas com mais dois do que os três adversários no encalço, tendo perdido as hipóteses matemáticas de atingirem o quinto lugar, ocupado pelo Paços de Ferreira, com 50.

Pedro Vieira da Silva / Lusa
12 Maio 2021

O avançado Heriberto saiu do banco para marcar o golo do triunfo do Famalicão no reduto do Vitória de Guimarães, por 2-1, e selar a permanência na I Liga portuguesa de futebol, na 32.ª jornada.

O jogador, de 24 anos, substituiu Gil Dias aos 75 minutos e marcou o golo decisivo aos 85, num remate forte à entrada da área, que ainda tabelou na barra, selando o resultado e a manutenção do clube famalicense pela terceira época seguida entre o escalão maior, já que ascendeu ao 10.º lugar, com 37 pontos, mais sete do que o 16.º colocado, Boavista, a duas rondas do fim.

O tento desfez o empate que vigorava desde a primeira metade, após Bruno Duarte ter marcado para os vitorianos, aos seis minutos, e Kraev para os famalicenses, aos 21, e impôs à equipa de Guimarães a oitava derrota caseira da época, o maior número de sempre em 76 presenças no escalão principal.

Com este desaire, os pupilos de Bino Maçães continuam com 42 pontos, no sexto lugar, mas apenas com mais dois do que os três adversários no encalço – Santa Clara, Belenenses SAD e Moreirense -, tendo perdido as hipóteses matemáticas de atingirem o quinto lugar, ocupado pelo Paços de Ferreira, com 50.


Outros Vídeos

Scroll Up