Fotografia: Avelino Lima

Marcelo e autarca de Caminha defendem profissionalização dos corpos de bombeiros

Marcelo Rebelo de Sousa alerta que o futuro dos bombeiros tem de passar pelos jovens

Joaquim Martins Fernandes
11 Mai 2021

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, coincidiram hoje na defesa da profissionalização dos atuais corpos de bombeiros voluntários.

A queda no voluntariado e a necessidade de criação de condições que atraiam os jovens para as corporações de bombeiros estiveram na base da posição conjunta, que foi assumida no âmbito de uma deslocação do Chefe de Estado a uma ação prevenção de fogos florestais que o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas realizou na freguesia de Venade.

O autarca de Caminha sublinhou que o distrito de Viana do Castelo é o quarto do país com o maior número de fogos florestais, mas apenas o décimo oitavo no número de bombeiros. «Na correlação do número de ignições por número de bombeiros, somos o distrito com mais problemas», disse Miguel Alves.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up