Fotografia: DR

Fafe: Praia da Albufeira da Queimadela em Fafe galardoada pela primeira vez com “bandeira azul”

Desta forma Fafe entra na lista restrita dos concelhos do distrito de Braga com o galardão: Braga, Esposende e Fafe. Aliás, em Braga, Adaúfe mantém a Bandeira Azul, reforçando o estatuto de uma das melhores praias do país, e o concelho de Esposende continua a manter as habituais praias “azuis”: Cepães e Suave Mar nas Marinhas, Ofir em Fão e Apúlia. Desta forma o distrito de Braga ganha mais uma praia, passando apresentar seis praias com bandeira azul, seis marítimas e duas fluviais.

Nuno Cerqueira
30 Abr 2021

«Histórico». Foi desta forma que a Câmara de Fafe rejubilou com a atribuição da “bandeira azul” atribuído pela primeira vez na história daquela praia, pelo programa Bandeira Azul da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

A cerimónia que marca simbolicamente no país o hastear da bandeira está marcada para Caminha.

Esta praia de Fafe é uma das três fluviais do Minho – Adaúfe em Braga e Azenhas em Vilar de Mouros, Caminha, são as outras duas – que recebem o galardão “azul”.

Aliás, no país, são 42 as praias fluviais que têm esta distinção, mais quatro do que no ano passado, das quais, três estão no Minho.

A vereadora do Ambiente do Município de Fafe, Márcia Barros, revelou «enorme satisfação por ver reconhecida a qualidade da Barragem da Queimadela, uma das nossas maiores ofertas do ponto de vista ambiental e turístico».

«Esta é uma distinção que muito nos orgulha e que destaca a estratégia delineada por este executivo municipal, no que ao ambiente diz respeito», disse Márcia Barros, que a este propósito salientou também «o trabalho desenvolvido pelos técnicos da Câmara Municipal, neste âmbito, e que tornou possível a apresentação desta candidatura e a obtenção deste resultado».

«A autarquia tem realizado um esforço crescente na valorização da Albufeira da Queimadela, melhorando as condições para todos os que visitam aquele espaço ao longo do ano e será nesse sentido que continuaremos a trabalhar», frisou.

Desta forma Fafe entra na lista restrita dos concelhos do distrito de Braga com o galardão: Braga, Esposende e Fafe. Aliás, em Braga, Adaúfe mantém a Bandeira Azul, reforçando o estatuto de uma das melhores praias do país, e o concelho de Esposende continua a manter as habituais praias “azuis”: Cepães e Suave Mar nas Marinhas, Ofir em Fão e Apúlia. Desta forma o distrito de Braga ganha mais uma praia, passando apresentar seis praias com bandeira azul, seis marítimas e duas fluviais.

Já o distrito de Viana do Castelo apresenta um total de 14 prais com bandeira azul, uma das quais fluviais no concelho de Caminha. Aliás, este distrio recupera mais uma praia, a de Luziamar no concelho de Viana do Castelo, que apresenta agora um total de nove praias bandeira azul.

Em Viana do Castelo as praias contempladas com o galardão da ABAE são Arda (Mariana), Afife, Paçô, Carreço, Praia Norte, Cabedelo, Amorosa, Luziamar e Castelo de Neiva.

Já em Caminha, concelho que vai receber simbolicamente a 1 de junho o hastear nacional da bandeira azul, manteve todas as cinco bandeiras Praia da Foz do Minho, Praia de Moledo, Praia de Vila Praia de Âncora e Praia do Forte do Cão, assim como a praia fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros.

«Recorde-se que, em 2015, pela primeira vez em 26 anos, desde que a Bandeira Azul era atribuída, o concelho de Caminha conseguiu conquistar a Bandeira Azul nas quatro praias marítimas, incluindo a de Vila Praia de Âncora nas praias galardoadas. Em 2018 atingiu-se outra importante conquista, com o sucesso da candidatura da Praia das Azenhas, em Vilar de Mouros. Em 2019 voltou a ser “tudo azul” e em 2020 repetiu-se: cinco candidaturas – cinco Bandeiras Azuis. A época de 2021 reafirma a qualidade das praias e reflete a continuidade do esforço que o Município tem vindo a desenvolver, não só através do investimento em infraestruturas por todo o concelho, mas também na salvaguarda de todas as condições que correspondem aos critérios do Programa Bandeira Azul da Europa», recordou o Município de Caminha liderado por Miguel Alves.

A Bandeira Azul é um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente a praias fluviais e costeiras que se candidatem ao galardão e que cumpram um conjunto de critérios. Os Critérios do Programa Bandeira Azul para praias estão divididos em quatro grupos: Informação e Educação Ambiental, Qualidade da Água, Gestão Ambiental e Equipamentos, Segurança e Serviços.

Portugal tem 372 praias fluviais e costeiras galardoadas com Bandeira Azul este ano, mais 12 do que em 2020, distribuídas por 98 municípios, cinco dos quais entram pela primeira vez na lista, anunciou hoje o Programa Bandeira Azul.

A lista contempla 330 praias costeiras, mais oito do que em 2020, e 42 fluviais, mais quatro do que no ano passado. As praias costeiras estão distribuídas pelo Norte (72), Centro (29), Tejo (50), Alentejo (31), Algarve (87), Açores (45) e Madeira (16). A Bandeira Azul abrange ainda 16 portos de recreio e marinas (menos duas do que em 2020), nove no continente e sete nas regiões autónomas, e 11 embarcações ecoturísticas (mais duas do que no ano passado), cinco em Portugal continental e seis na Madeira.





Notícias relacionadas


Scroll Up