Fotografia: DR

Braga: Pires escreve aos militantes e quer de todos vontade firme de ganhar

«No entanto a atual governação da Câmara é de projeto débil e incapaz de sustentar Braga como referência regional e nacional», vaticina.

Nuno Cerqueira
26 Mar 2021

Depois de um processo interno, o candidato socialista à Câmara de Braga, Hugo Pires, quer agora todos a rumar no mesmo sentido de forma a destronar a coligação de direita, liderada por Ricardo Rio.

Numa carta enviada aos militantes, Hugo Pires admite que andou «mais distante nos últimos tempos» e até que teve «divergências» com alguns.

No entanto refere que o caminho faz-se com todos: « e juntos possam desenvolver um projeto válido e agregador, que resulte vencedor no tempo certo».

Hugo Pires justifica ainda a missiva lançada aos militantes para dizer que está preparado.

«Preparado para ser a voz e o rosto do projeto socialista» e para lhes dar conta da «disponibilidade e da vontade de ser presidente da Câmara Municipal de Braga».

«Sou bracarense de gema. Sinto que tenho uma obrigação para com Braga, para com o PS e para com os meus camaradas. Sei que o candidato à liderança municipal deve ter experiência, capacidade de inovar e a flexibilidade para ouvir. Sei, além do mais, que é possível apresentar ao eleitorado um projeto ganhador», sublinha.

Na carta Hugo Pires não esconde que está consciente da «assunção de todos os riscos e de todos os desafios que nos oferecem estes tempos de pandemia, de populismo e de maledicência».

«Sei ao que vou, mas deixem-me dizer-vos: anseio muito, desejo muito, quero muito que venham comigo, para que seja de todos esta vontade firme de ganhar», frisa.

Na missiva, o ex-vereador da Câmara de Braga lembra que que se impõe uma reflexão «sobre o que queremos para Braga, designadamente enquanto cidade referencial no desenvolvimento do país». Pires admite erros da gestão socialista, mas também reconhece muitos progressos nesse tempo.

«No entanto a atual governação da Câmara é de projeto débil e incapaz de sustentar Braga como referência regional e nacional», vaticina.





Notícias relacionadas


Scroll Up