Fotografia: DR

URMinho otimista após reunião com Secretários de Estado

Os empresários deram a conhecer as suas preocupações e planos para o setor na região.

Rita Cunha
4 Dez 2020

A União de Restaurantes do Minho (URMinho) quer alavancar, a partir de Braga, a valorização da gastronomia tradicional minhota e o património cultural. A intenção foi manifestada hoje aos secretários de Estado do Turismo e do Comércio, que estiveram reunidos com alguns dos responsáveis pela associação numa conversa por videoconferência.

Ao Diário do Minho, Tiago Carvalho explicou que a reunião visou transmitir as preocupações do setor da restauração da região e perceber que medidas estariam a ser delineadas de apoio ao mesmo, assim como dar a conhecer a URMinho, mostrando disponibilidade para cooperar e a sua amplitude

Na ocasião, a URMinho deu nota de que, até ao verão, o setor prevê continuar a trabalhar a 50 por cento, sendo necessário “aguentar” até lá.

O que foi transmitido pelos governantes deixou os elementos da URMinho otimistas quanto ao futuro, nomeadamente o facto de estarem a ser estudadas «outras medidas de apoio à restauração a nível nacional» e de «reajustamento ao programa “Apoiar”», destinado a micro e pequenas empresas com quebras de faturação devido à pandemia de covid-19. Ficou também conhecido que o Governo está a criar um plano de apoio para os próximos seis meses de 2021. O apoio às rendas comerciais e para a manutenção dos postos de trabalho também estão a ser equacionados.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up