Fotografia: Nuno Cerqueira

Casos covid-19 no distrito de Braga estagnados e em Viana a subir 20%

Covid-19.

Nuno Cerqueira
29 Nov 2020

O número de novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2 diminuiu em 43 concelhos da região Norte e aumentou mais de 30% em 12 concelhos, revela o relatório da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N).

De acordo com o documento, no distrito de Braga, foram sete os concelhos que registaram uma diminuição, destacando-se Vizela e Celorico de Basto, com um decréscimo de 44% e 34%, respetivamente.

Segundo o relatório, o distrito de Braga foi o único a Norte que não registou aumento ou diminuição de novos casos, estabilizando-se nos 0%.

Já em Viana do Castelo o distrito que contabiliza uma subida de 20% de novos casos, quatro concelhos registaram uma diminuição, nomeadamente, Caminha, Ponte de Lima, Valença e Vila Nova de Cerveira.

O boletim, o mais recente da ARS-N, reporta a situação epidemiológica nos concelhos da região Norte entre a primeira (05 a 11) e a quarta semana de novembro (19 a 25).

O relatório da ARS-N revela que seis concelhos do Minho tiveram um crescimento superior a 30%, nomeadamente Cabeceiras de Basto, Póvoa de Lanhoso, Melgaço, Paredes de Coura, Ponte da Barca e Viana do Castelo.

O relatório revela ainda que Guimarães é o município do Minho com a maior incidência, seguindo-se os concelhos de Fafe, Vila Nova de Famalicão, Povoa de Lanhoso e Vizela.

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 08 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23h00 e as 05h00, enquanto nos fins de semana e feriados a circulação está limitada entre as 13h00 de sábado e as 05h00 de domingo e entre as 13h00 de domingo e as 05h00 de segunda-feira.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up